Lição 2

1. Pronome Demonstrativo

Kore, sore, are = isto, isso, aquilo

Kore se utiliza para apontar alguma coisa que está próxima da pessoa que está falando.
Sore se utiliza para apontar alguma coisa que está próxima da pessoa que está ouvindo.

Are se utiliza para apontar alguma coisa que está longe tanto do interlocutor quanto do ouvinte.

Kore wa hon desu.

Isto é um livro.

Kono, sono, ano este(a), estes(as), esse(a), esses(as), aqueles(as), aquele(a).

Os pronomes kore, sore ou are não são seguidos diretamente por substantivos. Portanto, para modificar o substantivo, utilizam-se os pronomes kono, sono ou ano.

Kono hon wa watashi no desu.

Este livro é meu.

2. Hai, sõ desu. Sim, é. Iie, sõ dewa arimasen. Não, não é.

Para contestar a uma interrogativa de uma oração substantiva, usa-se muitas vezes a palavra sõ, como, por exemplo, sõ desu, ou sõ dewa arimasen.

A utilização de sõ é bastante prática, pois a resposta torna-se curta e simples. Porém, deve-se tomar cuidado, pois se a oração interrogativa é uma oração verbal (Ver Lição 4.) ou oração adjetiva (Ver Lição 8.), não se pode responder usando sõ desu, ou sõ dewa arimasen.

Anata wa Tõkyõ-kikai no kenshuusei desu ka.

Você é estagiário da Tokyo Kikai?

... Hai, Tõkyõ-kikai no kenshuusei desu.

... Sim, sou estagiário da Tokyo Kikai.

... Hai, sõ desu.

... Sim, sou.

... Iie, Tõkyõ-kikai no kenshuusei dewa arimasen.

... Não, não sou estagiário da Tokyo Kikai.

... Iie, sõ dewa arimasen.

... Não, não sou.

3. Orações interrogativas

Orações interrogativas com alternativas são orações interrogativas em que é escolhida uma resposta entre as alternativas propostas com ka.

Sore wa bõrupen desu ka, shãpu-penshiru desuka.

Isso é uma caneta esferográfica ou uma lapisera?

... Bõrupen desu.

... É uma caneta esferográfica.

4. no

Nesse caso indica posse.

Watashi no hon

Meu livro

Kaisha no jidõsha

Automóvel da empresa

Caso a frase seja compreensível mesmo que se omita o substantivo que segue a preposição no, muitas vezes esse substantivo é omitido. Porém, quando esse substantivo se refere a uma pessoa, este não é omitido.

Kore wa anata no tegami desu ka.

Esta carta é sua?

... Hai, watashi no (tegami desu).

... Sim, é minha (carta).

Are wa dare no kaban desu ka.

De quem é aquela mala?

... Kimura-san no (kaban) desu.

... É (a mala) da Srta. Kimura.

Anata wa Tõkyõ-kikai no kenshuusei desu ka.

Você é estagiário da Tokyo Kikai?

... Hai, Tõkyõ-kikai no kenshuusei desu.

... Sim, sou estagiário da Tokyo Kikai.